Redes de proteção: como elas podem ser incorporadas a minha janela?

Postado por Pro Redes

Saiba como instalar as redes de proteção em Curitiba e manter a segurança completa de crianças e animais de estimação

 

Viver em apartamentos é uma ótima opção para quem busca segurança e tranquilidade. Mas muitas vezes, para quem tem crianças e bichinhos de estimação, as janelas podem virar um transtorno. Para evitar problemas é muito importante ter a atenção de instalar redes de proteção ainda antes da mudança. Atualmente existem no mercado telas de segurança de variados modelos e qualidades, por isso é preciso ficar atento aos modelos que são projetados para tolerar bastante peso e que sejam testados por órgãos de segurança como o Inmetro.

A grande vantagem desse material é que podem ser instalados independente do tipo de apartamento, é possível encontrar vários imóveis Curitiba com redes de proteção para maior segurança dos moradores.

Se você tem interesse em saber como as redes de proteção podem ser incorporadas as janelas de seu apartamento continue lendo o texto e esclareça de vez todas as suas dúvidas em relação ao assunto.

Qualquer pessoa pode fazer a instalação das redes de proteção?

Começamos pelo tópico mais importante, é necessário contratar um especialista para fazer a instalação do material? Se você já tem habilidades com o uso de furadeiras, é provável que consiga fazer sozinho. Mas saiba que o mais indicado é sempre chamar um especialista no ramo. Além de possuir uma furadeira, é necessário que antes de você comprar as redes, as janelas sejam medidas para que não erre o tamanho. A instalação é simples, mas você pode estar correndo riscos de se machucar no momento de montar o aparato. É interessante que se você está planejando comprar um apartamento notar se eles já têm esse tipo de material instalado. Atualmente são muitos os apartamentos à venda em Curitiba que já dispõem de redes de proteção nas janelas.

Tire as medidas da janela

Basicamente você necessita medir a altura e largura, por isso é necessário que você tenha algum equipamento de medida como uma fita métrica ou uma trena. Existem muitos fatores que devem ser levados em conta, pois pode interferir no momento da instalação, como o tamanho do batente da janela, se as janelas têm venezianas, e também a questão do beiral e apoio da janela, e os basculantes. Por exemplo, as janelas que possuem basculantes não permitem a instalação de redes de proteção pelo batente externo. Janelas que possuem basculantes requerem alguns cuidados como comprar a malha de rede certa para conseguir fazer a abertura da janela. Na hora de comprar a tela é preciso ficar atento a qualidade de produto.

Instalação da rede de proteção

No momento de comprar o material nas medidas corretas, recomenda-se comprar as telas de polietileno, em forma de malha, que recebem um tratamento adicional contra raios ultravioleta e oxidação, além de serem impermeabilizantes. Também se lembre de verificar se está impresso a marca da rede, e se tem o certificado do Inmetro, pois assim é possível conferir se a rede de proteção recebeu o ISO (Organização Internacional para Padronização).  No momento da compra é necessário compreender que as redes de proteção de janelas são para a segurança do local, assim como o nome já diz, e não confundir com um objeto de decoração para a casa. Ou seja, é necessário comprar o material pensando na eficácia e não na beleza do produto.

 

Recomenda-se que os espaços entre os nós da tela devem ser de 5 centímetros, na versão mais aprimorada você pode encontrar telas de até 750 kg/m². A validade dessas peças pode chegar de cinco a dez anos, dependendo do material que você tenha escolhido. As redes de proteção para janelas devem seguir as especificações básicas descritas pela norma 16046-1/2012 da Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT), que afirmam que o material deve ser resistente ao fogo, possuir temperatura máxima de trabalho igual ou a superior de 50 graus e suportar cerca de 500 quilos por metro quadrado de força aplicada. Os vão da tela devem ter perímetro de no máximo 20 centímetros.

Quando você for instalar a rede de proteção, o espaçamento entre os ganchos devem ser no máximo de 35 centímetros. A corda que prende a rede deve ser de 0,4 milímetros de espessura. Você também deve adquirir as buchas e ganchos para prender a tela, e ter uma furadeira para fazer os furos e colocar os ganchos. Instalar redes de proteção ao invés de grades é mais prático e não altera a fachada do prédio, até mesmo kitinetes em Curitiba utilizam redes de segurança, pois mesmo que o espaço seja compacto, se houver uma janela no local o perigo do acidente sempre estará presente.

Por que colocar redes de proteção nas janelas?

Como já mencionado a cima, os motivos para instalar uma rede de proteção em seu apartamento ou kitinete são vários, mas o principal é para manter a segurança do local e evitar acidentes por queda.

O risco está presente não só apenas para crianças e animais domésticos como também para adultos e idosos, pois existem pessoas que sofrem com sonambulismo, ou mesmo podem tropeçar e ocorrer um acidente. Se você morar num apartamento com sacada o risco é ainda maior, então é preciso ficar atento aos riscos. O custo de uma tela de proteção não é alto, e você ainda estará garantindo a proteção de sua casa. Animais como gatos têm a tendência de subir em locais altos, pois gostam bastante de observar o movimento, e uma distração como um passarinho é algo que pode infelizmente acarretar num acidente fatal.

É importante que se você tem pets, utilizar um material resistente nas telas de proteção, pois eles podem roer ou estragar a tela. Isso é mais comum acontecer com gatos, pois eles têm o costume de arranhar e morder, mas a tela só irá ser danificada ser for de material de péssima qualidade. Uma dica que você pode utilizar para que os animais fiquem longe da janela é procurar em pet shops produtos como sprays específicos para passar na rede de proteção e repelir os gatos.

 

Gostou do texto? Então aproveite para compartilhar as dicas de segurança em apartamentos nas suas redes sociais!

Deixe uma resposta