Redes de proteção precisam garantir total segurança quando forem instaladas em sua casa .

Postado por Pro Redes

Para quem tem crianças e animais em casa é importante tomar todo tipo de proteção.

Basta andar pelas ruas e olhar para cima para identificar as proteções nos apartamentos em Curitiba. Para quem tem crianças ou animais de estimação em casa, é fundamental que as janelas e sacadas estejam protegidas por redes de segurança para garantir que eles não sofram uma queda.

A segurança é um assunto importante e por isso deve ser levada a sério. Não basta decidir por instalar sistemas para garantir a proteção, é necessário saber qual o melhor equipamento e principalmente a qualidade do produto que você está utilizando para evitar acidentes.

É importante entender quais são as especificações técnicas, como proceder com a instalação e criação de uma forma de proteção específica para a sua casa, leia este post até o fim! Preparamos um guia completo sobre o assunto, com informações essenciais para ajudar você a proteger a sua família e seus bichos de estimação.

 

O que é a rede e como funciona a proteção

A rede de proteção também é conhecida no mercado como uma tela de proteção. Na prática ela é um conjunto de malhas entrelaçadas, que formam pequenos quadrados que não impedem a ventilação, mas cobrem todo espaço do vão da sua janela ou sacada contra os riscos de queda. Essa corda não é metálica e promove a elasticidade suficiente para evitar possíveis rompimentos na malha.

 

Locais onde a utilização das redes é necessária

Via de regra, os apartamentos em andares mais altos precisam ter suas janelas e sacadas protegidas pela tela para evitar os riscos de queda. Porém, a instalação é indicada em parapeitos, mezaninos, escadas e varandas, e uma dica importante, não somente em locais que hajam crianças e animais. As telas são importantes para proteger as pessoas de possíveis acidentes de queda de nível como é possível ver nas coberturas no Batel.

Em canteiros de obras, a lei determina que é necessária a utilização das telas de proteção como equipamento de segurança para evitar acidentes graves com os colaboradores e também para proteger o local da entrada de animais.

 

Por que investir em redes de proteção?

Segundo as pesquisas, a queda de nível, ou seja, uma queda de um local elevado é um dos maiores responsáveis por acidentes domésticos. Para quem tem em casa crianças menores de 12 anos e animais de estimação, a melhor indicação é proteger as janelas, varandas e sacadas.

Engana-se quem acha que somente nos prédios é que a proteção se faz necessária, nas casas ela também é fundamental para garantir que os riscos sejam minimizados. As piscinas também devem ter uma proteção, com tela ou capa para evitar afogamentos. Lembre-se, nem todo animal sabe nada, alguns cachorros correm riscos ao caírem na água, e um acidente pode ser fatal tanto com as crianças como com os animais.

 

  • Rede para crianças

Para as crianças o cuidado e atenção deve ser redobrado! Use redes fabricadas em polietileno, esse será o melhor investimento da sua vida. A resistência indicada é de 50kg por fio de malha ou então a Equiplex com resistência de 350kg por malha com diâmetro de 5×5 centímetros.

Esse equipamento será útil tanto para os animais de estimação, as crianças e as pessoas que por ventura se aproximarem da grade. A segurança em altura é para o bem-estar de todos que convivem no ambiente, afinal, ninguém está livre de um acidente.

 

  • Rede para animais

O material da rede de proteção é indicado tanto para animais quanto para crianças, porém no caso de filhotes, principalmente de gatos com menos de 6 meses, é indicado que a espessura seja menor, com 3×3 centímetros para evitar que eles possam sair pelos vãos.

 

O que levar em consideração na hora de escolher a rede?

Se você mora em condomínios, como os de apartamentos no Água Verde, onde todas as fachadas devem ser iguais, antes de escolher a sua rede de proteção é importante consultar o síndico ou administradora.

No regimento interno do condomínio pode estar especificado as cores e modelos adequados para não fugir ao design programado para a fachada do local. Caso esse não seja o seu caso ou você more em casa, você poderá definir as cores e padrões que mais te agradam e atendem a necessidade de segurança para o seu imóvel.

A questão das cores deve estar ligada ao design que você deseja imprimir na sua casa, leve sempre em consideração a cor das esquadrias da janela, da cortina e da pintura externa do imóvel.

 

As redes de proteção transparente

Não deixe de escolher o material adequado, polietileno. Algumas cores vendidas como transparente, no final tem as malhas pintadas de branco e não ficam invisíveis à distância. Se isso acontecer, verifique se você está usando o material adequado que é homologado pelas normas brasileiras de proteção. Fique de olho, outro material pode ter baixa resistência!

 

Material das redes de proteção

Existem dois tipos de redes disponíveis do mercado, a de poliamida (nylon) ou a de polietileno, que parece ser um plástico, mas em relação ao desgaste, ela tem alta resistência e é impermeável. O polietileno tem a mesma resistência quando tracionado que o aço, por isso é ideal para as sacadas e janelas.

Já o nylon ou a poliamida é similar a um tecido, não tem nível de impermeabilidade, por isso absorve sujeira e muda de cor com o tempo. Essa rede é mais indicada para a instalação em ambientes internos, como escadas e vãos.

 

A durabilidade

As redes de proteção têm a durabilidade de até 8 anos de utilização, porém muitos fabricantes garantem a inflexão da rede somente nos 3 primeiros anos de uso. Lembre-se de utilizar material de fixação de boa qualidade para evitar problemas!

 

Que tal, gostou deste texto sobre as redes de proteção e a garantia da segurança? Então aproveite e compartilhe esse post com os seus amigos por meio das suas redes sociais para que todos saibam um pouco mais sobre esse item indispensável em locais altos que crianças e animais de estimação tenham acesso.

Deixe uma resposta